sábado, 26 de outubro de 2013

Olhar simples

Um simples rabisco da vida se transforma em sensações
Como as árvores que se vê no decorrer da estrada, quando quer se encontrar na natureza
Como o colorido do céu que admira-se quando queremos ser mais
Como as páginas de um caderno, quando enxerga-se um infinito de possibilidades para preenchê-las
E a cada gesto que nos provê direção e a cada pensamento que nos acrescenta sentido
Cria-se a teia de nossos dias e nos extende como se a alma fosse abraçar o que há de bonito e duvidosos
Não há explicação para esses pequenos afetos que cultivamos, para a observação simples de um momento
Mas há contudo o próprio gesto e momento, que existindo, nos transformam rotineiramente

"Na rotina dos dias, eu bateria em sua porta oferecendo meu abraço"